terça-feira, 29 de maio de 2012

O que aprendi com a História



Aprendi que:

Na Idade Média, qualquer tentativa de pensar diferente dos dogmas da Igreja Católica era vista como heresia e podia punido com execução;

O crescimento das cidades e o declínio do sistema feudal ajudaram a fortalecer correntes de pensamento que questionavam a Igreja. No Renascimento, valorizou-se o homem como centro do universo (e não mais Deus). A arte do Renascimento (séculos 15, 16 e 17) desvinculou-se das imagens religiosas;

O iluminismo (século 18) exaltava as qualidades racionais do homem e os progressos cientificos. A arte é precisa como a realidade. Para o Impressionismo (século 19), vale o momento registrado, e não a técnica;

O século 20 teve grande profusão de movimentos artísticos, impulsionados pela cultura de massa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário